SÁBADO // 06 DE MAIO DE 2017




Joshua Abrams & Natural Information Society no ciclo gnration@

Joshua Abrams ganhou voz na fermentao do mundo musical de Chicago da década de 90, participando ativamente na cena jazz, rock e experimental que ento atravessava a cidade. Cofundador do quarteto minimalista Town & Country, fundou ainda Sticks & Stones, trio que ladeava com Matana Roberts e Chad Taylor. Durante duas agitadas décadas gravou e esteve em tour com um diverso e reconhecido leque de artistas, onde se incluam nomes como Fred Anderson, Bonnie Prince Billy, Hamid Drake, Theaster Gates, Neil Michael Hagerty, Nicole Mitchell, Jeff Parker, Mike Reed ou Matana Roberts & The Roots. Este perodo resultou na sua participao em mais de uma centena de discos. Mas Abrams no se fica pelas participaes e digresses e, enquanto compositor, foi responsvel pela criao de bandas-sonoras para filmes como Life Itself, The Interrupters e The Trials of Muhammad Ali.


Desde 2010 que Joshua Abrams tem realizado digresses pela América do Norte e Europa com um conjunto varivel de msicos de diversas estéticas, msicos estes apresentados como Natural Information Society. O grupo reconhece-se pelo uso de instrumentos tradicionais e elétricos, construindo ambientes longos de génese psicadélica, compostos ou improvisados, agregando as qualidades hipnticas do guimbri (um baixo-alade de trs cordas de origem Gnawa) com a amplitude da msica e metodologia contempornea onde se inclui o jazz, minimal e krautrock.

Magnetoception, disco de 2015, figurou nos melhores discos do ano para a Wire, ocupando na eclética magazine uma honrosa terceira posio, e também para a digital Pitchfork, como segundo melhor disco de msica experimental desse ano. Ainda em 2015, a Natural Information Society gravou Automaginary, disco colaborativo com os Bitchin Bajas que teve edio pela Drag City.

O mais recente lbum, Simultonality, que servir de mote para a passagem por Braga, v a luz do dia pela eremite record e Glitterbeat/Tak:Till e d continuidade a um caminho de explorao do xtase, repetio e acumulao de camadas sonoras a que Natural Information Society nos habituou.

 

O concerto Joshua Abrams & Natural Information Society insere-se no ciclo gnration@, iniciativa que pretende dinamizar atividades culturais em locais emblemticos da cidade de Braga.

 

Joshua Abrams developed his voice in the rich ferment of the 1990s Chicago music world, participating heavily across the citys jazz, experimental & rock scenes. In a very busy two decades Abrams recorded & toured with a remarkable range of artists. Abrams has toured North America & Europe with a shifting-line up of musicians as 'Natural Information Society. The group uses traditional & electric instrumentation to build long-form intricately psychedelic environments, composed & improvised, joining the hypnotic qualities of the Gnawan guimbri to a wide range of contemporary musics & methodologies including jazz, minimalism & krautrock. Their latest album, 'Simultonality' continues NIS's exploration of stasis, continuity, repetition and layering. 'Simultonality' is out through eremite records & Glitterbeat/Tak:Til in Europe.

 



6 MAI | MUSEU NOGUEIRA DA SILVA | 22H30 | 7 | M/6