música

trabalho da casa: ângela polícia

16 Mar

Sábado

22:30

5 eur

blackbox

Depois da estreia a solo em 2017, o rapper Ângela Polícia prepara por estes dias o sucessor de Pruridades, álbum lançado pela Crate Records, editora lisboeta criada por Razat, dj e produtor português que nos deixou este ano e a quem o músico de Braga se desdobra em agradecimentos regulares pelo apoio infindável à sua existência musical. Fernando Fernandes é músico artisticamente versátil que se desdobra em diversos projetos: vocalista nos rockersBed Legs, rapper na fusão rap-rockdos Osso, voz e corpo de sensibilidade maior na densa eletrónica-pop de O Amante Negro e ainda membro ativo no coletivo artístico local Projéctil.

“No submundo de Braga, nasceu música urgente, de alma inquieta e com confiança suficiente para firmar uma identidade própria”, refere a magazine digital Rimas & Batidas sobre Ângela Polícia, projeto musical de maior destaque do bracarense. Em menos de dois anos, Ângela Polícia, nome retirado do seu próprio nome, Fernando Manuel da Ângela Polícia Fernandes, percorreu clubes, salas e festivais um pouco por todo o país. Apresentou-se na primeira parte dos norte-americanos Shabazz Palaces, em Braga, e acompanhou o rapper californiano Signor Benedick The Moor na sua primeira digressão por Portugal. Dasurpreendente estreia em disco às colaborações com brilho especial, Ângela Polícia rapidamente colocou as atenções nacionais sobre ele. Recentemente, deu voz ao novo single de RIOT, pseudónimo de Rui Pité, dj e produtor, membro dos Buraka Som Sistema. Também nos últimos meses teve a sua primeira colaboração internacional, fazendo ponte entre Portugal e Brasil em “As Noites Contam Histórias”, tema do rapper brasileiro Gábe, umas das novas promessas do rap vindo do outro lado do Atlântico. Dois anos depois de Pruridades, título resultante da combinação de “prurido” e “prioridades”, Ângela Polícia aponta novo disco para o final do primeiro trimestre do novo ano, apresentando-o no Trabalho da Casa do gnration e onde contará com a colaboração visual do coletivo Openfield Creativelab.

O ciclo Trabalho da Casa promove a criação e a apresentação de novos trabalhos por artistas locais.

 

 

Ângela Polícia is a hip-hop project from local musician Fernando Fernandes, which combines trap, dub and electronic music. He will present a new album, commissioned by gnration and under the Trabalho da Casa program. 

Trabalho da Casa is an artist-in-residence program for local artists which seeks to promote the development of new works.

Created using Figma