Cinema no Pátio - novo cinema português
Durante o ms de agosto, o gnration exibe no ptio exterior um conjunto de filmes, documentrios e curtas-metragens que retratam a atualidade do cinema portugus. A entrada é livre para todas as sesses. 
21:30 / M/16

CINEMA NO PTIO
NOVO CINEMA PORTUGUS 

4 Agosto
LONGE
por José Oliveira
Portugal | 2016 | 37' | HD | Cor
Fico

Um Homem vai-se aproximando de uma grande cidade pelos acessos mais secretos, ridos, selvagens. Chega e avista a cidade de Lisboa dos altos e por cima dos montes. L, de onde saiu h muitos anos, sente-se um estranho. Reconhece e no reconhece a paisagem e o ambiente. Que o atrai e o repele. Procura amigos, conhecidos, lugares, uma filha que lhe chegou por carta tanto tempo passado. Descobre e redescobre um ltimo reduto onde se sente em casa. Mas parte, no fim, parte.

PENMBRIA
por Eduardo Brito
Portugal | 2016 | 9' | HD | Cor
Curta-metragem

Penmbria foi fundada h duzentos anos num extremo de difcil acesso. De solos ridos, mares revoltados e clima violento, ficou a dever o seu nome sombra e nebulosidade quase permanentes. Até que um dia, os seus habitantes decidiram entreg-la ao tempo. Esta é a histria de um lugar inabitvel.

BALADA DE UM BATRQUIO
por Leonor Teles
Portugal | 2016 | 11 | Super 8 | Cor
Curta-metragem | Documentrio

'Simultaneamente estranhos e familiares, distantes e prximos, inquietantes e sedutores, marginais e cosmopolitas, os ciganos apresentam-se envoltos numa aura de ambiguidade. No se pode dizer que sejam invisveis, pois dificilmente passam despercebidos.' (Daniel Seabra Lopes)
Tal como os ciganos, os sapos de loia no passam despercebidos a um olhar mais atento. Balada de um Batrquio surge assim num contexto ambguo. Um filme que intervém no espao real do quotidiano portugus como forma de fabular sobre um comportamento xenfobo.

CIDADE PEQUENA
por Diogo Costa Amarante
Portugal | 2016 | 19 | Cor,
Documentrio, Experimental, Fico 

Um dia, Frederico aprende na escola que as pessoas tm cabea, tronco e membros, e que se o corao pra as pessoas morrem. Nessa noite, ele no dormiu. Acordou a me vrias vezes de madrugada e disse-lhe que lhe doa o peito.

10 Agosto
ELDORADO XXI
por Salomé Lamas
Portugal, Frana, Peru | 2016 | 125' | Cor 
Documentrio

Eldorado é uma assombrosa e misteriosa parcela da realidade etnogrfica. A comunidade instalada em maior altitude no mundo, La Rinconada y Cerro Lunar (5500m), nos Andes peruanos; uma iluso leva os homens autodestruio, movidos pelos mesmos interesses, usando as mesmas ferramentas e meios na contemporaneidade que nos tempos antigos.

11 Agosto
OS HUMORES ARTIFICIAIS 
por Gabriel Abrantes
Portugal | 2017 | 29 | Cor 
Curta-metragem | Fico

Através do cruzamento entre a estética de Hollywood e as estratégias do documentrio, o filme acompanha uma jovem indgena do Parque Natural do Xingu até So Paulo, onde se apaixona por um robot em vias de se tornar um comediante de stand-up. Esta é uma histria singular que mistura a antropologia do humor, comunidades indgenas e inteligncia artificial.

THE HUNCHBACK 
por Gabriel Abrantes e Bem Rivers
Portugal, Frana | 2016 | 30 | S16 | Cor
Curta-metragem | Fico Cientfica 

Baseado num conto de As Mil e uma Noites, O Corcunda (The Hunchback) acompanha um programa de reintegrao emocional simulando outras épocas e outros géneros cinematogrficos.
Uma delirante transfigurao do conto O Corcunda das Mil e Uma Noite, em verso Sci-Fi. O Rivers e o Abrantes submergem o espectador numa distopia futurista, aonde a Dalaya.com, uma empresa omnipotente, fora os seus empregados a participar em programas de reintegrao emocional simulando outras épocas. 

A HISTORY OF MUTUAL RESPECT 
por Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt
Portugal | 2010 | 23 | 35mm | Cor 
Curta-metragem | Fico

Curta-metragem rodada no Brasil, Argentina e Portugal, produzida com um oramento muito reduzido por uma equipa de trs elementos: Gabriel Abrantes, Daniel Schmidt e Natxo Checa. O elenco de atores tem como principais intérpretes os dois realizadores e uma série de atores no profissionais provenientes dos locais de filmagem. O filme narra a histria de dois jovens rapazes americanos confrontados com a desiluso da experincia na cidade utpica e modernista de Braslia. Partem ento em busca do 'amor puro', que iro encontrar numa jovem indgena da floresta virgem.

18 Agosto
MONTANHA
por Joo Salaviza
Portugal, Alemanha, Frana | 2015 | 90| Cor 
Drama 

Um Vero quente em Lisboa. David, 14 anos, aguarda a morte iminente do av, mas recusa-se a visit-lo, temendo esta perda terrvel. A me, Mnica, passa as noites no hospital. O vazio pela falta do av obriga David a tornar-se o homem da casa. David no se sente pronto para assumir este novo papel, mas o fim da infncia aproxima-se sem que ele se aperceba

24 Agosto
AMA-SAN
por Cludia Varejo
Portugal, Japo | 2016 | 103 | Cor
Documentrio

Um mergulho, a luz do sol do meio-dia atravessa a gua a pique. O ar que est nos pulmes ter que chegar até que se consiga arrancar o haliote s rochas do fundo do Oceano Pacifico e finalmente subir para respirar outra vez. Sem o auxlio de botija de ar ou outra ferramenta que potencie a capacidade de permanecer debaixo de gua, todo o corpo é convocado a atingir o seu limite. Estes mergulhos so dados no Japo h mais de 2000 anos pelas Ama-San, literalmente, mulheres do mar que na cultura japonesa ocupam um lugar especial, sendo reverenciadas e ao mesmo tempo, incompreendidas. 

As Ama-San conquistaram o estatuto de coletoras e cuidadoras, questionando no s o papel da mulher na sociedade oriental como a prpria natureza feminina. Este filme acompanha o quotidiano de 3 mulheres de idades distintas que h 30 anos mergulham juntas numa pequena vila piscatria da Pennsula de Shima. Rodado entre o silencioso mundo subaqutico e a vida rural no exterior, este olhar resulta num retrato nico de uma tradio que se antecipa em extino. A média de idades das mulheres que hoje ainda mergulham situa-se entre os 50 e os 85 anos.


4+10+11+18+24 AGO | PÁTIO EXTERIOR | GRATUITO
Bookmark and Share