música

krake + adolfo

krake + adolfo luxúria canibal

29 Jan

Sábado

18:00

7 eur

blackbox

info covid-19: leia aqui os procedimentos para visita ao espaço

aviso: no seguimento da aplicação das novas medidas de contenção da pandemia, com entrada em vigor a 1 de dezembro, o acesso aos espetáculos do gnration requer agora a apresentação de certificado digital de vacinação completa ou comprovativo de teste negativo (PCR ou antigénio) realizado em período válido. Mais informações ou dúvidas, escreva para info@gnration.pt.

Pedro Oliveira começou a sua carreira como baterista em 1995, poucos anos antes de integrar Kafka, banda de referência na pop alternativa portuguesa que teve o seu auge na viragem para os anos 2000. Integrou os Submarine e, mais tarde, Green Machine, banda garage-rock com quem edita vários discos. Mais tarde, formou os Peixe:Avião, considerada como uma das mais emblemáticas bandas do novo rock cantado em português. Paralelamente, cria Dear Telephone, com André Simão, Graciela Coelho e Ricardo Cibrão, e OZO, com o pianista Paulo Mesquita, e atua ao vivo com regularidade nos projetos Old Jerusalem e Osso Vaidoso. Recentemente, atua ao vivo com Clã e Rui Reininho. Em 2018, desloca-se a Bristol para a gravação do disco de estreia de Krake, projeto a solo onde conta com a participação de nomes como Jim Barr (Portishead), Jake McMurchie (Portishead-live/Massive Attack) e Pete Judge (Get the Blessing/Noel Gallagher-live).

Em Krake, Pedro Oliveira explora a bateria de modo pouco usual, transformando-a numa orquestra de música experimental improvisada. Um projeto aberto a outras experimentações e colaborações, como a que o liga desde 2019 ao incontornável Adolfo Luxúria Canibal, a voz dos Mão Morta. Os dois criam, num registo quase cinematográfico, histórias soturnas feitas de gente comum, com a voz carregada de Adolfo Luxúria Canibal a comandar a narrativa e a bateria de Krake, com sons que habitualmente não se ouvem sair dela, a suportar a palavra e a conferir à história a paisagem sonora mais credível e que melhor serve a interpretação. O encontro entre os dois tomou forma em Agosto de 2019, no ZigurFest de Lamego, e desde então têm-se apresentado regularmente um pouco por todo o país. Em Braga, apresentam um concerto que sucede a gravação de um disco que regista a colaboração entre os dois, disco esse que conta com o apoio à criação do gnration.

classificação etária m/6

Live collaboration between Krake, an experimental solo project from Portuguese drummer Pedro Oliveira, and Adolfo Luxúria Canibal, one of the most charismatic voices in the country.

Created using Figma