laboratórios de verão · projetos selecionados

na imagem: a instalação audiovisual o pesar, de carlos a. correia e diogo mendes, foi um dos quatro projetos selecionados

 

Desde 2015 que os Laboratórios de Verão têm firmado um lugar de destaque na promoção da criação artística no distrito de Braga. Ao longo de seis edições, este programa de apoio à criação artística, criado pelo gnration, apoiou já quase três dezenas de projetos e meia centena de artistas.

Com ênfase nos domínios da imagem, som, performance, interatividade, música, dança ou no cruzamento entre as áreas anteriormente descritas, os Laboratórios de Verão assumem um formato de residência artística com vista ao desenvolvimento de novas ideias e trabalhos para apresentação pública subsequente.

Para a edição de 2021, candidataram-se cerca de meia centena de projetos, dos quais foram selecionados quatro. O júri foi composto por Marta Mestre, diretora artística do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), e Luís Fernandes, diretor artístico do gnration.

Os quatro projetos selecionados foram premiados com um apoio monetário no valor de 1500 euros e vão desenvolver os seus trabalhos, durante o mês de agosto, em contexto de residência artística no gnration. A apresentação pública decorrerá no início do mês seguinte, no Pós-Laboratórios de Verão.

 

ACCA · ÆO
instalação escultória e audiovisual
Na peça do duo artístico ACCA, o vento é utilizado como metáfora representativa das forças invisíveis que nos condicionam e manipulam na era digital. Os instrumentos de som eólicos tornam tangível a força do vento, simbolicamente associada à ideia de liberdade e aleatoriedade.

 

carlos a. correia e diogo mendes · O PESAR
instalação audiovisual
A pedra porta em si marcas e cicatrizes infligidas simultaneamente pela natureza e pelo homem. O imaginário regional associado a esta “relação” – o “falar do pedreiro”, os cantares de trabalho, a presença ubíqua deste elemento na arquitetura e folclore – servirão de “fragmentos” de um espaço de interseção destes universos.

 

max fernandes · redor
vídeo
‘Redor’ é um jogo entre a imagem, o som, as possibilidades imaginativas e a realidade. Um carro a arder confronta a ideia de espetáculo e violência, conjugado com um diálogo entre amigos, sobre noções de empatia, ou a falta dela, nos seus quotidianos.

 

maria portela e marta pombeiro · improvisos , por escherichia consort
instalação
A biotecnologia a criar música através da codificação de uma peça coral em DNA e a sua introdução em bactérias. A peça escolhida como ponto de partida é provocadora, um comentário irónico ao potencial transformador da biotecnologia para moldar a natureza à vontade humana. Esta instalação pretende ainda tornar conceitos aparentemente complexos como a Engenharia Genética ou a Biologia Sintética e as suas potencialidades em conteúdos acessíveis à população em geral. O nome desta proposta, ‘Improvisos, por Escherichia Consort’, justifica-se pelo carácter imprevisível das mutações resultantes na experiência que será realizada em bactérias da espécie Escherichia Coli.

 

o programa laboratórios de verão é uma ação promovida pelo gnration com o apoio do município de braga.

Created using Figma