música

trabalho da casa: the nancy resistance wide band

27 Mar

Sexta

22:30

5 eur

blackbox

Um encontro inimaginável é o que se espera da fusão em palco destes dois grupos bracarenses. Fruto de diferentes períodos da cena musical da cidade, duas gerações de músicos cruzam-se e aproximam linguagens artísticas que o tempo tratou de não datar. De um lado, qual Resistência francesa – já os vimos napoleonicamente fardados em palco – os La Resistance, banda que podemos arriscar dizer ser um culto dentro de portas. Do outro, sem a aprovação de Sid Vicious, The Nancy Spungen X, um vórtex sonoro que poderia ser resultado de uma colaboração cinematográfica entre Sergio Leone e Russ Meyer.

A história dos La Resistance remonta ao século passado. Sim, é verdade, já passou assim tanto tempo. Digno de um estudo etnomusicólogo, pelas mãos de Márcio Décio e João Figueiredo estaria para nascer aquilo a que vieram a autointitular de um novo estilo: o “rock begueiro”. O grupo avança com 16 temas que compõem O Fim de um Teatro, disco de estreia e único trabalho conhecido até aos dias de hoje, que viria a ser reeditado em 2017. Após um prolongado hiato, os La Resistance voltaram em 2016, com algumas mudanças nos partisans, para um conjunto de concertos. A resistência ainda é o que era e preveem um segundo álbum de originais algures em 2020.

Deste século e com novo disco para breve – já intitulado What makes Nancy so greatos sete The Nancy Spungen X surpreenderam com os 17 temas do disco de estreia The Nancy Spungen eXperience. “Mescalinando” diferentes géneros musicais filtrados pelo anglo cinematográfico da f(r)icção científica, esta é, segundo os próprios, “assumidamente uma banda local”, mas que de local tem muito pouco. E sejamos francos: se os La Resistance podem intitular-se autores do “rock begueiro”, estes seus conterrâneos podem perfeitamente criar um manifesto gonzo chamado “Delírio em Las Bragas”.  
Feitas as (des)apresentações, voltemos ao ponto de partida, com um desafio simples, mas de mistura complexa: cinco temas de cada grupo, interpretados pelas duas bandas (=12), dá 10 temas onde tudo correrá bem exceto se 1) golpe de estado ou 2) Nancy Spungen decida finalmente fazer check-out no Hotel Chelsea.

O ciclo Trabalho da Casa promove a criação e a apresentação de novos trabalhos por artistas locais.

 

Trabalho da Casa is an artist-in-residence program for local artists which seeks to promote the development of new works.   

La Resistance and The Nancy Spungen X, two local bands from different generations, will put together a new concert commissioned by gnration and under the Trabalho da Casa program. 

Created using Figma